Festival volta com força em sua terceira edição e tem cerca de 150 músicas inscritas

 

 

A grande final do MUSA - Festival de Música Universitária de Salvador acontece no dia 17 de novembro, às 19h, no Espaço Cultural da Barroquinha, com show da banda IFÁ Afrobeat.  Os artistas baianos Gerônimo, Paulinho Boca de Cantor e Sylvia Patricia também participam da noite com o Lero Musical. A entrada é gratuita e no final serão anunciados os vencedores do festival.

 

Como o nível das 143 músicas inscritas foi muito alto, a organização do MUSA optou por classificar 18 finalistas, ao invés de 16 como havia sido anunciado anteriormente. Além de três suplentes para o caso de desistência ou impedimento. Todos os finalistas subirão ao palco na noite de sábado.

 

Encerramento - A banda IFÁ é a grande convidada da noite de sábado. Criado em Salvador, o grupo, cujo nome representa o oráculo africano e a sigla para junção entre ijexá, funk e afrobeat, integra um movimento que vem resinificando o cenário da música instrumental baiana. Mergulhando no universo da música negra transnacional e no ritmo do ijexá, dos blocos afro e afoxés da Bahia, o grupo ratifica a importância da música como elo histórico entre as culturas negras da diáspora.

 

Enquanto o júri delibera o nome dos classificados, o interior do Espaço Cultural da Barroquinha recebe um debate histórico-musical comandado pelos cantores Paulinho Boca de Cantor, Sylvia Patricia e Gerônimo. A iniciativa, intitulada Lero Musical, permitirá que os artistas possam trocar experiências com jovens que estão começando, ou pensando em iniciar, uma carreira artística.

 

Gerônimo, Paulinho e Sylvia conversarão sobre o processo de criação, suas trajetórias, como gerenciam as carreiras e, entre um ‘lero’ e outro, vão relembrar grandes sucessos. A plateia terá um momento para fazer perguntas e a mediação ficará por conta do padrinho do MUSA, o cantor e compositor Pedro Pondé.

 

Com o patrocínio da prefeitura de Salvador, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), e produção da Sole Produções, o festival distribuirá, este ano, R$ 13 mil em prêmios. Serão contemplados os primeiros, segundos e terceiros lugares na categoria Música, além dos melhores Intérprete, Instrumentista e Banda.

 

Os autores das melhores músicas receberão, respectivamente, R$ 3.500 (primeiro lugar), R$ 2.500 (segundo lugar) e R$ 1.500 (terceiro lugar). Os melhores instrumentista e intérprete ficarão com R$ 1.000 cada e a melhor banda, R$ 3.500. Cada participante só poderá ser premiado em uma categoria, excetuando-se a categoria ‘banda’, que poderá conter participantes já contemplados em outra distinção.

Mais informações no www.festivalmusa.salvador.ba.gov.br