A Orquestra Afrosinfônica se apresentará às 20h desta sexta-feira (22), na Praça Dorival Caymmi, em Itapuã, com regência do Maestro Ubiratan Marques e participação do bloco afro Malê Debalê, naquele que será o primeiro de uma série de concertos patrocinados pelo Programa Petrobras Cultural que rodarão outras cidades brasileiras. Em Salvador o evento tem apoio da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur). O concerto celebra o Novembro Negro é gratuito e tem realização da ONG Casa da Ponte. 

 

Serão incorporadas ao repertório da Orquestra Afrosinfônica quatro músicas cujos arranjos sinfônicos foram criados pelo Maestro especialmente para a ocasião. A música “1835” que é uma abertura instrumental também composta por Ubiratan para a entrada do Malê ao show. A música faz referência ao levante dos negros muçulmanos contra o sistema escravocrata brasileiro no ano de 1835 em Salvador, que ficou conhecido como a Revolta dos Malês. As outras três músicas são “Malê Debalê”, parceria de Edil Pacheco e Paulo César Pinheiro, "Buscando outra sociedade", de Juraci Tavares e Luiz Bacalhau, e “Refavela”, de Gilberto Gil, cantor que é o grande homenageado do carnaval de 2020 do bloco afro.